2006-10-31

Hugo Sovelas no Teatro da Trindade

Ainda que em cidades do interior, como Montemor, os tradicionais bailes estejam a perder cada vez mais adeptos, em Lisboa, pelo contrário, a realização dessas tardes dançantes espalham-se pela capital como cogumelos, nos amplos salões das sociedades recreativas dos bairros tradicionais, passando até pelo enorme espaço do Mercado da Ribeira. Novos e menos novos, tentando fugir à solidão que o destino lhes reservou, vestem a sua melhor roupa e aproveitam a tarde de Domingo para dançar, conversar, namorar, engatar e, quem sabe, prolongar pela noite o que fora, apenas, um encontro ao acaso.

Salão de Baile, S.A.R.L., uma peça em cena no teatro da Trindade, em Lisboa, escrita com base num exaustivo trabalho de campo, levado a cabo pelo encenador e pelos actores, procura retratar as grandezas e misérias dos que querem fazer dos seus Domingos à tarde os momentos mais fortes da sua existência.

Estão lá todos: a mulher de meia-idade, solteirona, experiente, solidária com os que para ali vão carpir as mágoas; o professor de História de Arte, tímido, romântico, que acredita nas pessoas e que, por isso mesmo, se dá mal; a menina bonita, abandonada pelo marido, que por ali está à procura do amor; o pintas, engatatão, reformado das Forças Armadas, mentiroso e quezilento; o responsável pelas tardes dançantes, sempre preocupado com as quotas em atraso (e que não é o porreiraço que parece); a cantora Vanessa, uma mulher vibrante em palco mas frágil como qualquer outra, e, the last but not the least, o seu sóbrio acompanhante, organista/vocalista Raul que, com ela, abrilhanta as tardes de Domingo na colectividade.

Estão todos lá. O público também entra na história. E dança, e manifesta-se, e vive os dramas e as euforias daquela galeria de personagens que tem, afinal, um bocadinho de todos nós.

O Salão de Baile, S.A.R.L. vai estar no Teatro da Trindade, em Lisboa, de 19 de Outubro a 5 de Novembro (4ª a Sáb. às 21.30 e Domingo às 16 horas).


Encenação
Hugo Sovelas

Actores
Anabela Mira, Hugo Caroça, José Mateus, Maria João Miguel, Rui Sérgio, Sónia Neves e Hugo Sovelas.

João Luis Nabo

Outros textos

Uma bebedeira de Teatro

Teatro de A a Z

As imagens





1 comentário:

Paul disse...

Sabendo que isto tudo é dirigido por Hugo Sovelas so pode ser maravilhoso ... :p